Nossa missão é fornecer uma abordagem profissional e honesta aos cuidados da saúde

N

Cirurgião-Geral

Esta especialidade médica ocupa-se do estudo dos mecanismo fisiopatológicos, diagnóstico e tratamento de enfermidades passíveis de abordagem por procedimentos cirúrgicos

N

Professor Universitário

Profissional capacitado a dar aulas em instituições de ensino superior (universidades, faculdades, centros universitários) públicas e privadas
N

Vereador no RJ

Estudou em colégios da Rede Pública de Ensino; cursou o primeiro grau na Escola Municipal República Argentina e o segundo grau no Colégio Estadual Ferreira Viana e no Colégio GP

SIGA-NOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS, E FIQUE SEMPRE POR DENTRO DE TUDO QUE ESTA ACONTENCENDO.

ENTRE EM CONTATO

nos envie um email, e caso de duvidas, criticas ou sujestões 

12 + 11 =

Jorge Henrique Martins Manaia

Doutor e Vereador no RJ

Formado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói, no ano de 1988.

Professor de Medicina concursado da Universidade Federal Fluminense no ano de 1989.

Pós- graduado pela UFF e com título de Especialista pela SOCIVERJ em Cirurgia Videoendoscópica. Mestrado em Ciências Médicas pela UFF
Médico Cirurgião-Geral da rede estadual do Rio de Janeiro até 2008 quando foi eleito vereador pelo Município do Rio de Janeiro.

Médico atuante na área de emergência há mais de 20 anos. Médico Cirurgião-Geral do Hospital Municipal Souza Aguiar, tendo lá permanecido de 1992 até 1997. Capitão-Médico da PMERJ – Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

Foi eleito Vereador nas eleições de 2008, para o quadriênio 2009-2012, pelo PDT – Partido Democrático Trabalhista com 14.040 votos. No seu primeiro mandato foram aprovadas 21 Leis de sua autoria e vários de seus Projetos de Lei estão em andamento na Câmara.

Foi Presidente da Comissão de Prevenção às Drogas e Vice-Presidente da Comissão de Higiene, Saúde Pública e Bem Estar Social e ainda foi membro do Conselho de Ética da Câmara Municipal. Nas últimas eleições, em 2012, foi reeleito Vereador pelo mesmo partido, o PDT, com 15.680 votos.

Em outubro de 2013, passou a integrar o Partido Solidariedade, onde acredita que terá maior participação no cenário político carioca.

Nesse seu segundo mandato, foi reeleito para a presidência da Comissão de Prevenção às Drogas, para a vice-presidência da Comissão de Higiene, Saúde Pública e Bem Estar Social e foi eleito Presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Vereadores.